Demo

IPDJ lança hoje programa “Empreende Já”

O Instituto Português do Desporto e Juventude abre hoje as candidaturas ao Programa ‘Empreende Já’, uma iniciativa que se destina a apoiar a criação e o desenvolvimento de empresas e de entidades da economia social. O programa inclui:
Ação 1: Apoio ao desenvolvimento de projetos.
Ação 2: Apoio à sustentabilidade de entidades e de postos de trabalho criados ao abrigo do Programa, resultante de projetos desenvolvidos na Ação 1.

Quem são os destinatários?
Todos os jovens que reúnam, à data de candidatura, os seguintes requisitos:
a)Tenham idade compreendida entre os 18 e os 29 anos;
b)Tenham residência em Portugal Continental;
c)Tenham completado a escolaridade obrigatória, de acordo com a legislação aplicável;
d)Sejam considerados, face às regras comunitárias, como NEET (Neither in Employment nor in Education or Training), que se define como aqueles que não trabalham, não estudam e não se encontram em formação;
e)Tenham a situação contributiva e tributária regularizada perante, respetivamente, a administração fiscal e a segurança social;
f)Estejam inscritos nos serviços de emprego;
g)Não se encontrem a beneficiar de apoios concedidos ao abrigo de outras medidas no âmbito da Garantia para a Juventude.

Qual é o apoio?
Na ação 1, os jovens empreendedores beneficiam de:
1.Bolsa, durante 6 meses, no valor de 691,7 EUR (1,65 vezes o Indexante de Apoios Sociais);
2.Seguro de acidentes pessoais;
3.Apoio técnico personalizado com vista à construção e sustentabilidade do projeto de constituição de empresa ou de entidade de economia social, até um máximo de 30 horas;
4.Formação com a duração máxima de 250 horas.

Na ação 2, exclusiva para os projetos desenvolvidos e selecionados ao abrigo da ação 1, os jovens beneficiam de:
1.10.000 EUR, pago numa única tranche, para apoio à constituição e sustentabilidade da empresa ou entidade de economia social criada. Este apoio financeiro, implica o compromisso de manter a entidade em atividade durante 2 anos.
2.Nos projetos conjuntos, com mais do que um jovem empreendedor, o valor mencionado no n.º 1 é dividido, em partes iguais, pelos jovens empreendedores.

Reforçar-se que nem todos os projetos da ação 1 passa à ação 2. É necessário que o projeto apresente: Sustentabilidade económico — financeira, Potencial de criação de emprego, Capacidade de financiamento e competências adquiridas no decurso do projeto.

Como me candidato?
As candidaturas são submetidas, eletronicamente, através da Plataforma. Na plataforma tens de anexar os comprovativos que provam que estás em situação legível para participar no programa (consulta os destinatários).
Quais os critérios de seleção? 1.Potencial de empregabilidade jovem
2.Interesse local do projeto — Necessidade económico/social dos serviços/produtos a criar.
3.Equipa de projeto (são fatores de majoração a quantidade de jovens envolvidos no projeto, adequação das qualificações dos jovens proponentes à área de intervenção do projeto e experiência profissional).